segunda-feira, 23 de maio de 2016

vista I

me entrego a ti
nua em pelo

isso tudo lhe incomoda
faz questão de me vestir

a carne nua açoitada
por tua falta de saber lidar

sigo agora em frente
trajando teu desamparo
tua indiferença
meu desespero

descrente

(...)

Nenhum comentário:

Postar um comentário