domingo, 24 de junho de 2012


Eu estava com uma vontade de segurar o teu rosto, olhar nos teus olhos, te chacoalhar e dizer "garota, você tá deixando tudo acabar!". Me encontrei em um estado de inércia tão forte que chegava a desejar que você saísse e transasse com outra, arrombasse a porta da minha casa, riscasse os vidros do meu carro, me chamasse de babaca e me dissesse que fui eu que coloquei tudo a perder... Qualquer coisa! Mas, desesperadamente, me fizesse sentir algo!

Um comentário:

  1. Foda!
    A gente sempre quer o inverso do que consegue.
    Somos loucos parasitas.

    ResponderExcluir