terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Luz dos olhos.

Dia 30/12.
Acordei com a luz iluminando a sala toda. Uma luz incrível que se entrelaçou com as cores da cortina e banhou a sala todo num laranja deslumbrante. Olhei pro lado e me deparei com o sorriso mais lindo do mundo. O melhor sorriso, a melhor luz. Se eu pudesse fazer um pedido naquele momento, seria que meus olhos pudessem fotografar aquela cena incrível, do mesmo modo que a via. Impossível... mas precisava registrar aquele momento. Peguei o celular, e fotografei. Ficou péssima e não mostra nem a metade do que eu vi naquela manhã. Passei o dia encantada, me lembrando do jeito que a luz iluminava aquele sorriso, aquele olhar. Que vontade de passar minha vida toda ali!

Dia 31/12, 23h45.
E lá estávamos nós, na beira do mar, pés na areia, cercada por muita gente e por fogos de artifício iluminando o céu. Meia-noite. Nós, embaixo de chuva, comemorando o ano novo que chegava. Um turbilhão de palavras, sentimentos e agradecimentos passaram pela minha mente. Um abraço. A lembrança da manhã do dia anterior. De todas as coisas que passaram pela minha cabeça, uma única conseguiu sair da minha boca: Casa comigo?

... e você disse sim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário