sexta-feira, 11 de novembro de 2011

3 dias.

A minha cama agora me abraçava e as lágrimas
Escorriam pelo rosto
Eu procurava mas não achava nada
Só encontrava teu rosto, sentia teu gosto
E só ouvia a tua voz
Mas tudo que eu sentia
Foi derramado em meus lençóis

Eu fecho os olhos e respiro fundo
Eu pulo para o salto final
É arriscado é o último salto
Salto mortal

Um comentário:

  1. O salto mortal que pode ser a vida, a gente nunca sabe. Somos testemunhas oculares, não sensoriais.

    Beijo, gata!

    ResponderExcluir