terça-feira, 21 de dezembro de 2010

E - de repente - senti. Estava tudo muito bonito. Esse mês de Dezembro tá tão lindo, tão manso. Tão novo. Tão eu novo. Caio F. Abreu