quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Eu percebi que não vivo no presente. Sempre me pego pensando em coisas que aconteceram, ou em coisas que quero pro futuro. Fico sempre me perdendo entre passado e futuro, passado e futuro.
O presente me parece tão fixo, tão inócuo. Sem sal.
Já o futuro, me dá aquela sensação de ansiedade, frio na barriga. E o passado, às vezes, me faz ter mais vontade de viver o futuro.

Mas eu preciso parar com isso. Eu vou acabar me perdendo no meio disso, e não vou viver o presente. Logo, não vou ter passado, nem futuro. Que coisa estranha essa de tempo, não?
Acho que eu estou realmente precisando de sorvete. Ou de... sei lá.