quinta-feira, 15 de julho de 2010

O tempo tem passado rápido demais, e isso me assusta.
Vejo como se fosse ontem o ano 2000.
Parece que foi semana passada que eu comecei o colegial,
e daqui a alguns meses, tudo acaba!
Mas não é só o tempo passando que me encomoda... (antes fosse)
O que anda pesando demais é o fato de eu estar indo
junto com o tempo.
Meu modo de pensar está mudando,
eu estou mudando, minhas atitudes...
Até o gosto das coisas está mudando!
Estão surgindo mais resposabilidades,
eu ando me preocupando demais com as coisas...
É, eu acho que estou crescendo...

Mas espera! EU NÃO QUERO CRESCER!

Não, não, não! Isso não pode acontecer!
Tenho medo de perder os meus antigos (ou atuais) ideais,
minhas idéias, meu modo de ver o mundo, os dias, o calendário,
a ordem numérica em minha cabeça.
Tenho muito medo de esquecer!
Esquecer os momentos bons que passei (e passo), as pessoas,
as noites, os dias, as músicas, os livros, as manias, as maneiras.
Acho que é esse o motivo de eu me refugiar aqui
em momentos importantes, sejam tristes ou alegres.
É meio que um modo de deixar gravado os meus dias e as pessoas.
Os sentimentos também, principalmente os sentimentos!
Poxa vida, eu queria poder guardar tudo! Filmar tudo.
Ter tudo comigo, pra sempre.
Pra quando aquela saudade de me lembrar de qual era a sensação
daquele abraço,
daquele beijo,
daquele sorriso,
bater, eu poder ver direitinho, e não me esquecer nunca mais.

Alguém ai, faz o tempo ir mais devagar por favor?