terça-feira, 9 de junho de 2009


Simplicidade.

Gosto de coisas simples. Coisas sem nexo. Coisas que não existem.
Na maioria das vezes, a felicidade se encontra em coisas simples,
e por parecerem simples demais, poucas vezes são notadas.
Hoje, as pessoas gostam de coisas complicadas. 
Passam anos, décadas, vidas, em busca da felicidade enterna,
até realmente perceberem que esta cobiçada alegria sempre esteve ali,
bem embaixo de seu próprio nariz. 
Às vezes, descobrem isso tarde demais.
Eu não sou assim, não me desespero a encontrá-la, 
pois sei que esta pode chegar a qualquer momento, em um certo alguém, em um certo minuto, ao acaso.
Hoje encontrei um pedacinho de felicidade. 
Lá estava ele, junto ao pôr-do-sol.


Pois é, gosto das coisas simples. 





Uma pequena nota: Já reparou como são lindas as cores do céu, quando o sol se vai?

Um comentário: